Feeds:
Posts
Comentários

Archive for the ‘Fotojornalismo’ Category

Paraty em Foco 2009 - 5º Festival Intenacional de Fotografia

É com enorme satisfação que, participante que sou da blogosfera do Paraty em Foco, tive a honra de inaugurar o novíssimo blog colaborativo do Festival Internacional de 2009 (5º edição). Começamos bem, com um monte de matérias e uma reveladora entrevista com a fotógrafa francesa Claudine Doury.

©2009 Claudine Doury
©2009 Claudine Doury

Claro que sendo uma empreitada colaborativa, os nomes dos organizadores e participantes não poderiam ser melhores: Cia de Foto, Garapa, Olha vê, Images & Visions, Camera 16, Fotograficaminhamente, e o Estúdio Madalena.
Pelo conteúdo do blog e os nomes envolvidos, o Paraty em Foco 2009 traça o caminho certo para mais um sucesso!
Para informações sobre o Festival, workshops e inscrições, clique aqui!
Para ver o blog Paraty em Foco, clique aqui!
Para ver o Flickr dos convidados, clique aqui!

Read Full Post »

Retratos da Luz - Foto ©2009 Mateus Sá

Retratos da Luz - Foto ©2009 Mateus Sá

A organização do “Festival Internacional de Fotografia Paraty em Foco 2009” está em plena ebulição, com perspectivas muito sólidas, indicando que esta será a edição mais rica e plural das quatro já realizadas; uma das principais características da versão 2009 do festival é preocupação com a descentralização da fotografia brasileira, riquíssima mas vastamente desconhecida pela maioria.
Alguns estados (Rio Grande do Sul, Rio, São Paulo e Bahia), que já concentraram as atenções de expositores e publicadores, agora tem por companhia a fotografia de alta qualidade que chega, fazendo barulho, de outros estados. Galeristas e a mídia especializada começam a perceber a importância da fotografia feita em localidades como Pará, Ceará, Paraná e Minas Gerais, entre outras.
Mas o movimento mais substancial tem sido o de Pernambuco. Efervescência de talentos, jovens ou já consagrados, o fotógrafo pernambucano faz da união sua maior força, e em bloco determinam caminhos contundentes e importantes para a fotografia brasileira. Onde mais 23 fotógrafas se uniriam para fazer algo como o grupo Vixemarias, primeiro projeto pernambucano formado apenas por mulheres para discutir a arte fotográfica?
Isso em 2004!
Por isso o Paraty em Foco deste ano terá uma “Noite Especial da Fotografia Pernambucana”, contando com a presença de Eduardo Queiroga, Alexandre Belém, Pio Figueiroa e Rodrigo Braga; durante toda a semana, a presença da Arte Plural Galeria como  convidada, expondo fotógrafos pernambucanos; Alexandre Belém, do “Olha, vê” entrevistando ao lado de Eder Chiodetto os fotógrafos Alexandre Sequeira (PA) e Rodrigo Braga (PE), que vão falar de “fotografia e auto-representação”; Cia de Foto (que tem o pernambucano Pio Figueroa como um de seus integrantes) participando tanto como entrevistados, como animando as baladas noturnas de Paraty.
Pernambuco para tudo que é lado!

Inframargem - ©2009 Gustavo Bettini

©2009 Gustavo Bettini

Eu, particularmente, tenho uma ligação cada vez mais forte com Recife; seja através da sempre gentil acolhida de Fernando Neves e Luciana, da Arte Plural, para participar de workshops, debates e conversas fotográficas, seja através da regional da Fototech, tenho conhecido e me encantado com o material produzido pelos fotógrafos locais. Alguns se tornaram meus amigos, como Gustavo Bettini, Alexandre Belém e Fernando Neves; outros eu passei a admirar, como Roberta Guimarães (professora de fotografia da AESO e fundadora da agência Imago), e Georgia Quintas (Doutora em Antropologia pela Universidade de Salamanca e autora do excelente livro “Man Ray e a Imagem da mulher”).

"Man Ray e a Imagem da mulher", livro de Georgia Quintas

"Man Ray", de Georgia Quintas

Correndo o gravíssimo risco de deixar de lado nomes importantes, por puro desconhecimento de minha parte, atesto que os recentes trabalhos que tenho visto e que me impressionaram bastante são:

Claro que com a distância, é mais fácil acompanhar o que acontece por lá através dos blogs fotográficos pernambucanos, que são vários e excelentes; destaco aqui o já famoso “Olha, vê”, do Belém; o “AF de AutoFoco” do Afonso Jr; o “Fotograficaminhamente”, da Luciana Cavalcanti; o “A imagem de fora e de dentro”, de Georgia Quintas; e, claro o Cia de Foto, que apesar de não ser totalmente pernambucano, é imperdível.

E por falar em blogs, divulgo em primeira mão a boa notícia; durante o Paraty em Foco, haverá o 1º Encontro da Blogosfera Fotográfica, projeto inovador que;  “Será diverso e colaborativo, um lugar para apreciar belas imagens e deleitar-se com pensamentos das mais diversas cabeças. Um blog refratário da blogosfera fotográfica que o país tem atualmente.” O blog vai para o ar definitivamente durante esta semana.
Gostou?
Então não deixe de ver o Flickr do Paraty, com fotos dos participantes e alguns convidados, pois já está bombando!

UPDATE: Pra quem está questionando a escolha das imagens, me parece óbvio: o nascimento de uma nova fotografia contemporânea.
UPDATE: Pra quem quer ler uma resenha completa do Juan Esteves sobre o livro da Georgia, basta clicar aqui !

Foto: Cia de Foto

Foto: Cia de Foto

Para encerrar, o Alexandre Belém me envia este pequeno texto-depoimento, que reproduzo abaixo:
“Sem dúvida, Alcir Lacerda (o Seu Alcir) é o nosso mais importante fotógrafo ainda em atividade. Grande fotógrafo, Seu Alcir é referência. Fez fotojornalismo, fotos da sociedade, casamento e publicidade. Tem paisagens maravilhosas e seus preto e branco são belos. De forma direta ou indireta, Seu Alcir teve participação efetiva na formação de uma geração, na qual me incluo. Desde 1957, mantém o laboratório ACÊ Filmes. Frequentei, quase que diariamente, a ACÊ quando ainda não tinha o meu laboratório. Diariamente, levava o filme, buscava o contato e voltava para copiar.
A Fotografia Pernambucana, nos últimos quarenta anos, esteve muito ligada ao fotojornalismo e às redações dos jornais. Analisando uma linha histórica, a maioria dos fotógrafos pernambucanos já passou ou tem alguma ligação com as redações.
No começo dos 90, surgiu a Imago Fotografia. Começava o conceito de agência fotográfica no Estado. A Imago era formada por Breno Laprovítera, Fred Jordão, Daniel Berinson, Jarbas Júnior e Roberta Guimarães. Todos passaram pelo Jornal do Commercio. Em 1995, surge a Lumiar Fotografia que era formada pelos fotógrafos Leo Caldas, Geyson Magno, Eduardo Queiroga e eu. A Lumiar foi um marco na fotografia pernambucana ao conseguir que os veículos de comunicação do sudeste “confiassem” no profissional do nordeste. A Lumiar passa então a atender a demanda de pautas editoriais (vinda de fora) no estado e no nordeste.
Hoje, passados vinte anos, boa parte dos fotógrafos ainda passam e se formam nas redações. Uma geração maravilhosa.
Vou citar nomes, sabendo que esquecerei de vários, me perdoem: Beto Figueiroa, Mateus Sá, Gustavo Bettini, Alcione Ferreira, Marcos Michael, Rodrigo Lôbo, Chico Porto, Barbara Wagner, Helder Tavares, Arnaldo Carvalho, Alexandre Severo, etc, etc. Alguns, já radicados em outros estados, como Pio Figueiroa, Gilvan Barreto, Heudes Régis (potiguar de nascimento) e Ricardo Labastier.
Paralelamente, temos autores que trabalham com a fotografia com maestria, como Rodrigo Braga e Bruno Vilela. E uma geração que considero que irá brilhar nos próximos anos (na realidade, já estão se destacando). É o caso de Priscilla Buhr, Fernanda Mafra, Bernardo Dantas e Claudia Jacobovitz.”

Read Full Post »

Paris - ©2009 Cláudio Edinger

Paris - ©2009 Cláudio Edinger

O site do 5º Festival Internacional de Fotografia Paraty em Foco já está com programação no ar, e o que é mais bacana, Flickr, YouTube e Blog vão disseminar tudo de bom que rola sobre o Festival (e no Festival, com transmissões em tempo real).
O Flickr já está rolando, com pequenos ensaios fotográficos de participantes e convidados; Cia de Foto, Garapa, Alexandre Belém, Eduardo Muylaert, Loretta Lux, Claudio Edinger, entre muitos outros do mesmo quilate, já tem as fotos disponíveis.
Para ver a programação do festival, clique aqui!
Para ver as fotos no Flickr, clique aqui!

Read Full Post »

Max Aguillera Hellweg

photo Max Aguillera Hellweg

Thanatorama - photo Vincent Baillais

Thanatorama - photo Vincent Baillais

Certas pessoas estão acima de qualquer pré-concepção; a minha admiração por dois dos mais atuantes fotógrafos brasileiros também é despida de reservas.
Tanto Cláudio Edinger quanto Cláudio Versiani alegram meus cyber-dias só por serem inteligentes e talentosos. E bem humorados. E engraçados. E sérios, quando é preciso.
Pois bem, ambos me enviam quase simultaneamente links impressionantes:
o do Edinger, de um fotógrafo que muda sua trajetória e vai ser médico;
o do Versiani, de uma viagem sem volta, com bifurcações que acabam sempre no mesmo lugar.
O site do Sr. Dr. Max Aguillera Hellweg pode ser odioso para quem não gosta de fundos animados; mas pode ser plasticamente impactante, até revoltante, se o link certo é clicado. A dica de navegação do Edinger é, na minha opinião, a mais indicada; percorra, a partir da página de abertura, o caminho “Photographs ->TheSacredHeart ->This Way” e prepare-se para uma sequência que certamente vai te tocar. Bem fundo.
Já o site indicado pelo Versiani se chama Thanatorama, e pode ser “assistido” em francês (melhor, na minha opinião), ou legendado em inglês. Imersivo, interativo, pessoal, é uma sequência natural de eventos não-mostrados que vão te levar a uma reflexão interessante sobre a vaidade humana, quiçá sobre a futilidade da modernidade. Mas siga seu instinto, responda as perguntas e boa jornada.
Depois comente por aqui o que achou!
Cláudios, obrigado!

Read Full Post »

Juan Esteves, por Erico Hiller

Juan Esteves, por Erico Hiller

Excelente a entrevista de Juan Esteves no “Olha, vê”; além de ser acompanhada de algumas das belas fotos do entrevistado, é uma leitura muito instrutiva do ponto de vista histórico, referencial, e pela clareza de idéias apresentada por Juan. Recomendo enfaticamente!
Este retrato do Juan é do Érico Hiller, autor do bonito livro “Emergentes”, que também vale a pena ser visto.

Read Full Post »

Haiti, por Klavs Bo Christensen

Haiti, por Klavs Bo Christensen

O Alexandre Belém nos proporciona uma interessante discussão em seu blog “Olha, vê”, ao postar o resultado de um concurso fotográfico europeu que desclassificou as fotos photoshopadas do dinamarquês Klavs Bo Christensen, depois de compará-las com o RAW (que o fotógrafo enviou ao ser solicitado).
O mais interessante do post, denominado “Muito Photoshop?” foi a enxurrada de comentários, pró e contra, que acabam por ressucitar a velha história dos limites do plausível na fotografia documental.
Eu?
Eu gostei das fotos e como disse o Leo Caobelli (do Garapa), o mundo anda pra frente…

Adendo: Klavs declarou da India, onde estava cobrindo o Holi Festival em Mathura, que não vai mais enviar fotos coloridas para o concurso, apenas imagens em branco e preto.
Abaixo uma das imagens (coloridas) que ele produziu durante o festival.

Holi Festival, India, por Klavs Bo Christensen

Holi Festival, India, por Klavs Bo Christensen

Read Full Post »

Foto de Suau que ganhou "Foto do Ano" do World Press

Anthony Suau - "Foto do Ano", World Press

Seguindo os links do blog “Olha, vê”, sobre o fotógrafo americano Anthony Suau, vencedor do  52nd Annual World Press Photo of the Year Contest, me chamou atenção uma das respostas ao sensacionalista post do jornalista Daryl Lang no PDN, que disse neste artigo que Suau poderia ser obrigado a mudar de profissão e/ou perder sua casa por causa da crise econômica. O título do post  de Lang é: “World Press Photo Winner Struggling To Find Work”.
O post de resposta da leitora Sarah (e vários outros em seguida) afirma claramente que Lang *não checou suas fontes*, pois as fotos  do fotógrafo Suau foram efetivamente publicadas em uma matéria de 8 páginas na revista Time, ao contrário do que afirma Lang em seu artigo, dizendo que as fotos foram recusadas pela revista e publicadas apenas no site Time.com. Adicionalmente, não há, segundo várias respostas subsequentes, nenhuma possibilidade de Suau perder a sua casa, principalmente depois do prêmio de 10 mil Euros!

O post de Sarah pode ser visto em resposta ao artigo de Lang no site da PDN, e tomei a liberdade de publicar uma parte aqui abaixo:

Ethiopia

Ethiopia, por Anthony Suau

“Anyone reading this story should first check the facts. Something the writer Daryl Lang failed to do before publishing his words. The fact is Time Magazine obviously listened to Suau’s concerns because they did publish a selection of his images from this story in the magazine on May 26, 2008 issue of TIME – 8 pages. Mr Lang claims that TIME Magazine did not publish the story but it was only on Time.com.”
A polêmica corre solta e agora promete esquentar, com afirmações de que Suau seria um “fotógrafo-yuppie” e que sempre foi “um chorão”. Como eu não o conheço, não posso falar nada, apenas publicar o que falam…

Aproveito para dar os parabéns aos brasileiros premiados; muito bom!

Mais fotos de Suau, clique aqui!

Read Full Post »