Feeds:
Posts
Comentários

Posts Tagged ‘blog’

Off the wall   -   ©2009 lostart

Off the wall - ©2009 lostart

On the Wall   -   ©2009 lostart

On the wall - ©2009 lostart

Muito se tem falado de coletivos neste ano de 2009. Garapa, Cia de Foto, Pandora, são alguns dos nomes que logo nos surgem como exemplos típicos de fotografia colaborativa. Mas eu tenho como certo que duplas como a do casal Louise Chin e Ignácio Aronovich, que formam o LostArt, são também coletivos pertencentes ao mesmo conceito.
Fotografam juntos, editam juntos, assinam como LostArt.
O caso é que nem sempre assinam juntos; em vários dos ensaios e séries do site encontramos o crédito separado, assim:

photos © ignacio aronovich / LOST ART – photos © louise chin / LOST ART

Por que? Qual o critério? O que eles pensam a respeito do Creative Commons? Pois bem, os mistérios que cercam o casal “low profile” são proporcionais ao seu sucesso, principalmente internacional.
As famosas séries Lost in Slovenia, Paraíba Dreams, e a mais recente (fotos acima) La Danse du Chaos nos dão uma idéia da criatividade, energia e qualidade de seu trabalho. (Veja um breve artigo sobre esta série clicando aqui).

Aí começa o meu problema! Fui convidado pela organização do Paraty em Foco a entrevistar os dois durante a semana do festival. O problema? Somos amigos! O perigo está em se transformar a entrevista em uma conversa de comadres.
A solução porém é simples; vamos TODOS perguntar o queremos saber do casal LostArt!
Será uma entrevista colaborativa de fato, com o espírito do festival e de acordo com o modo que Ig e Louise escolheram para viver e fotografar, compartilhando tudo o que podem.
Como fazer? Simples!
Coloque a sua pergunta nos comentários abaixo,  ou a envie para clicio@clicio.com.br. As perguntas mais frequentes, as mais curiosas e as mais engraçadas vão ser usadas durante a entrevista no Paraty em Foco!
Em tempo; em seu (deles) site, há a possibilidade de você mostrar o seu trabalho, em uma área apropriadamente chamada de “Espaço Aberto”. Não custa tentar, mas a curadoria é rigorosa…

Read Full Post »

Karinne, French Dress.  ©2009 Clicio Barroso

Karine, French Dress. ©2009 Clicio Barroso

Homenagem após o shooting de sexta-feira, Karine Louback em versão La Deneuve, anos 60.
Sony Alpha 900, 85mm 1.4 Zeiss, Lightroom.

Read Full Post »

@2009 Clicio Barroso

@2009 Clicio Barroso

Fotinho de beleza realizada ao vivo durante o Photoimagebrazil 2009.
Modelo: Ellen Melo
Make up: Giuliano Rezende
Assistência: René Lentino
Produção: Renate Hartfiel
Apenas um retratão clássico da Ellen, com a Sony Alpha 900, e a Zeiss 85mm 1.4; a câmera estava conectada diretamente ao Lightroom, e a importação foi transparente, uma vantagem do software da Sony, que é enxuto e rápido. Os flashes da Mako responderam bem rápido e a luz, neutra.
Como a idéia era mostrar um processo publicitário, os softwares tradicionais de edição como o Adobe Lightroom e o Adobe Photoshop foram usados.
Com arquivos de 25Mpx em Raw, não é muito comum se fazer ao vivo, pois as variáveis são muitas e nem todas podem ser controladas rapidamente; como durante o workshop a intenção era trabalhar a imagem, mostrando a integração do Lightroom 2.0 com o Photoshop CS4, o Raw era a única alternativa de qualidade.
Clicando-se na foto ou aqui, um exemplo em resolução mais alta pode ser visualizado.

Read Full Post »

Montagem na Arte Plural Galeria, Recife, 2009

Montagem na Arte Plural Galeria, Recife, 2009

Estou bastante entusiasmado; a montagem das fotos para a exposição na Arte Plural Galeria ficou absolutamente demais!
Ontem foi o lançamento do livro Adobe Lightroom 2, na livraria Cultura, e hoje a abertura da mostra.
As ampliações, giclée prints em papel Hahnemühle Rag Satin (as maiores, de 1.55m por 1.10m) e Hahnemühle Rag Bamboo (as menores, de 60x80cm), ficaram excelentes, a iluminação e montagem perfeitas.
Antes que eu me esqueça, tenho que agradecer a muita gente: Fernando Neves e Luciana, da galeria, e sua equipe extremamente profissional, que cuidaram de todos os detalhes e tornaram a exposição possível e impecável; a Simonetta Persichetti, que sugeriu o nome da mostra e fez uma curadoria pra lá de inteligente, valorizando as fotos de forma que a leitura visual se tornasse eficiente e rica; a todas as meninas fotografadas, maravilhosas não importa em que estado de espírito estivessem; aos maquiadores e assistentes. Um abraço especial ao René Lentino, que me apoiou em todas as fases de preparação das imagens. E, lógico, a comunidade blogueira, que divulga, acredita e apoia: Belém do “Olha, vê“, Simonetta do “Trama Fotográfica“, Versiani do “Pictura Pixel“, Ig do “Lost Art“, Fotocolagem, Let’s Blogar, Camera 16, Paraty em Foco, CliX e todos os outros; sei que esqueci muitos, desculpem!
Ao Ivan de Almeida e ao Pepe Mélega, obrigado pelas longas conversas e paciência ao escutarem as minhas dúvidas e anseios, e a toda minha família pelo apoio irrestrito e suporte emocional.
O que importa é que ficou bacana, tá bonito na parede, e eu estou cansado e feliz.

© 2009 Alexandre Belém - As fotos são GIGANTES!

© 2009 Alexandre Belém - As fotos são GIGANTES!

UPDATE: Simonetta colocou um post sobre a expo em seu blog; obrigado, Sims!
UPDATE 2: Lúcia Adverse escreveu um generoso post sobre este trabalho; thanks, Lúcia!

Read Full Post »

Podcast 10 - Calibrando a câmera com o Lightroom 2.

Podcast 10 - Calibrando a câmera com o Lightroom 2.

Assistir o Episódio 10 online – Calibrando a câmera
Sempre há dúvidas na hora de calibrar a câmera; o processo é simples, basta seguir o passo a passo que demonstro no podcast, e usar o Adobe DNG Profiler para criar um perfil, que pode ser usado pelo Lightroom 2!
Este episódio pode ser visto online ou baixado para seu computador ou celular.
RSS direto para subscrição (iTunes, iPhone, iPod, browsers, mail)
Para ver todos os episódios do podcast, clique aqui!

Read Full Post »

©2009 Claudia Jaguaribe

©2009 Claudia Jaguaribe

Em interessante entrevista para o blog do Paraty em Foco, Cláudia Jaguaribe mostra suas reflexões sobre a fotografia de paisagens, e relata como será seu workshop sobre o tema durante o festival; adorei ter sido o escolhido para fazer a entrevista, já que sou desde sempre admirador do seu trabalho, e somos amigos de muito tempo (dividimos o mesmo estúdio por quase 10 anos).
O melhor é que, além deste da Cláudia, há vários outros posts interessantíssimos sobre fotógrafos, seus trabalhos, arte, cultura e muita gente bacana colaborando com o blog, incluindo vários blogueiros conhecidos da galera da fotografia.
Vale a visita!

Read Full Post »

Paraty em Foco 2009 - 5º Festival Intenacional de Fotografia

É com enorme satisfação que, participante que sou da blogosfera do Paraty em Foco, tive a honra de inaugurar o novíssimo blog colaborativo do Festival Internacional de 2009 (5º edição). Começamos bem, com um monte de matérias e uma reveladora entrevista com a fotógrafa francesa Claudine Doury.

©2009 Claudine Doury
©2009 Claudine Doury

Claro que sendo uma empreitada colaborativa, os nomes dos organizadores e participantes não poderiam ser melhores: Cia de Foto, Garapa, Olha vê, Images & Visions, Camera 16, Fotograficaminhamente, e o Estúdio Madalena.
Pelo conteúdo do blog e os nomes envolvidos, o Paraty em Foco 2009 traça o caminho certo para mais um sucesso!
Para informações sobre o Festival, workshops e inscrições, clique aqui!
Para ver o blog Paraty em Foco, clique aqui!
Para ver o Flickr dos convidados, clique aqui!

Read Full Post »

Alien Carla, ao vivo, conexão CliX - ©2009 Clicio Barroso

Alien Carla, ao vivo, conexão CliX - ©2009 Clicio Barroso

Estudantes e iniciantes em fotografia profissional puderam ver, acompanhar e clicar um ensaio de moda, ao vivo, no CLIX Conexões – Fashion Clicks, Com os trabalhos surpreendentes dos fotógrafos Renato De Cara, Daniel Malva, e do designer Fujocka,  a modelo Carla mandou muito bem, encantando a platéia.
Os ensaios foram produzidos pela competentíssima stylist Chialin Chian, e pelo maquiador Alê Tierni, e foram discutidas várias idéias criativas para a produção de ensaios de moda.
Abaixo e acima, posto algumas das fotos que realizei, ao vivo, sempre dentro do tema Sci-Fi; preferi um approach mais simples e óbvio nas verdes de “Matrix”, e outro mais elaborado na projeção de rostos sobrepostos, que chamei de “Alien”,  já pensando em uma possessão.
Gostei do resultado, mas gostei muito mais do que o Renato/Fujocka e o Daniel Malva fotografaram , tudo muito moderno.
Parabéns a todos os envolvidos!

Matrixed Carla, ao vivo, conexão Clix. ©2009 Clicio Barroso

Matrixed Carla, ao vivo, conexão CliX - ©2009 Clicio Barroso

Read Full Post »

Jessica's Portrait  ©2008 Clicio Barroso

Jessica's Portrait ©2008 Clicio Barroso

donatella

Donatella Versace

Muito estranho o país em que hoje vivemos.
País que traz importada da América a cultura da juventude eterna, com todos os seus distorcidos corolários, porém sem os bons vícios. Que preza o obsessivo culto ao corpo, o fotoxópi físico, insaciável por liftings, botoxes, lipoaspirações e cirurgias plásticas tão desnecessárias quanto perigosas, que produzem fenômenos grotescos como Michael Jackson ou Donatella Versace (ver imagem ao lado), mas que ignoram o que realmente interessa. Arte, cultura, conteúdo.
E o que isso tem a ver com fotografia e fotógrafos?
Tudo.
A forma com que a maioria de nossos grandes artistas são ignorados, destratados, ridicularizados e, por fim, financeiramente levados à penúria é cruel para dizer o mínimo; o fato é que sem o respeito do mercado contemporâneo, e daqueles jovens que para com os mestres deveriam ter uma consideração especial (já que daquela fonte bebem, e muito), os grandes se tornam cada vez mais pequenos, até que desaparecem por completo.
E por fim morrem.
É a partir deste momento que a ironia se impõe, pois os que até ontem estavam esquecidos, subitamente se tornam grandes novamente. Homenagens póstumas acontecem de todos os lados, os preços das obras esquecidas num canto por falta de compradores repentinamente  sobem às nuvens, textos, imagens, matérias, livros são produzidos as pressas, e o “nosso” fantástico artista vive enfim seu resgate de glória.
Inútil, posto que dela já não pode aproveitar nada…

Read Full Post »

Love Transfers, 1996. ©2009 Clicio Barroso

Love Transfers, 1996. ©2009 Clicio Barroso

Depois de 50 comentários, 30 twits, e muita discussão boa, vou emitir minha opinião pessoal sobre a existência ou não do talento inato.
Mas antes disso, vamos a pergunta original, que estava aqui:
Talento não existe. Não?

“Talento não existe. O que conta é cultura, treinamento e esforço.”

A maioria esmagadora das mulheres disse que talento inato existe, algumas sem justificativa científica, outras justificando parcialmente. Foram usadas palavras como desejo, dom, vocação, inclinação, predisposição. Muitos homens ficaram com a mesma opinião das mulheres; o resto ficou dividido entre simplesmente não acreditar em talento inato, não poder acreditar já que este não pode ser comprovado, ou acreditar parcialmente.
Foi riquíssima a variedade de comentários, e aprendemos bastante com todos eles.  Agradeço a todos (e foram muitos!) que generosamente contribuiram aqui mesmo, ou no Twitter e Facebook.
Uma das conclusões a que cheguei foi que a maioria dos fotógrafos bem-sucedidos acredita em algum tipo de talento, vocação, inclinação que os levou a ter sucesso; a maioria dos fotógrafos diletantes ou curiosos não acredita em talento, mas sim em força de vontade e estudo.
Eu me coloco, imbuído de sabedoria oriental, no “caminho do meio”. Por razões geográficas, genéticas, culturais e sociais (incluindo incentivos afetivos e direcionados), o que chamamos de talento pode surgir bastante cedo. Uma inclinação para determinada atividade, porém, não vai longe sem oportunidade nem estímulo, e estes podem ser de qualquer tipo, incluindo o instinto de sobrevivência. Em seguida vem a vontade, o esforço pessoal, a dedicação; e por fim, o estudo profundo daquela atividade, mesmo que isso signifique a repetição quase infinita dos gestos, movimentos, atitudes ou palavras.
O talento é uma soma de todos estes requisitos, sintetizado e aplicado a pessoas.
Mas claro, esta é apenas mais uma opinião, humilde e imprecisa como todas as outras!

Read Full Post »

©2008 Clicio Barroso - Patrícia no Breu

©2008 Clicio Barroso - Patricia no Breu

Quando postei aquele pequeno artigo sobre o aprendizado fotográfico, que gerou mais de 80 comentários, algumas conversas paralelas me chamaram a atenção; a mais curiosa foi a argumentação de alguns fotógrafos recusando-se a aceitar o talento como uma ocorrência natural, como predisposição inata do indivíduo a alguma habilidade específica.
Eu me reservo o direito de dar a minha opinião (já formada), depois dos seus comentários…

Dicionário:
Talento

subst m
talento [ta’le˜tu] – grande capacidade em certos domínios; ter talento para a pintura, música, fotografia.
Alguns comentários foram bem fundamentados, como aquele do Ivan de Almeida (do Fotografia em Palavras), mas não a ponto de me convencer.
Pois bem, curioso, postei a mesma afirmação, em português e inglês, no Twitter e no Facebook :
“Talento não existe. O que conta é cultura, treinamento e esforço.”

As respostas foram impressionantes!
Mostro aqui um apanhado do que pude recuperar (ah, o efêmero da Web…), e gostaria muito de saber a sua opinião!

TWITTER

@gioduarte: Concordo, acredito menos em talento e mais na aptidão, vontade, coragem e esforço.
@macarios: Acho que experiência: erro/acerto “x” vezes faz você ter talento.
@allysoncorreia: Discordo totalmente! O que (normalmente) funciona melhor é a combinação destas duas coisas. Talento natural + Estudo/treinamento.
@andrerusso: I don’t. Try to play drums if you don’t have timing and rhythm… it’ll be a mass… 8 years learning keyboard shown to me.
@fabriciasoares: Não concordo!
@pedroalexandria: Acho que o talento está em você saber usar tudo isso.
@erikalais: Acredito que alem de treinamento, cultura e esforço, tem certas pessoas que já nascem com sei lá o que, um dom talvez, aptidão …
@AngeliBraga: Não concordo. Como se explicaria, então, aquele “je ne sais quoi” de alguns artistas, coisas únicasque não se copia ou reproduzem…
@PaulaMarina: 30% / 70%, respectivamente.
@lojapropaganda: Treinamento, dedicação e muito esforço.
@BellaFessel: O talento é o “it” que faz a diferença. A cereja em cima do bolo. Bolo sem cereja pode até ser bom, mas não é maravilhoso. Capisce?
@uelitonsantos: Talento conta um pouco sim… Dedicação, esforços e estudos é o complemento para se chegar a excelência…
@erikaverginelli: Eu acho q tem gente q ja nasce c um talento sim. Ex: pessoas q só de escutarem 1 vez uma música já sabem tocá-la no piano ou violão! Essa pessoa nasceu c talento, dom. O mesmo acontece c pintores, etc. Mas é claro q o esforço, estudo e dedicação aprimoram isso 🙂
@laguiar: eu não concordo…
@fgi56_foto: Não. Posso conhecer, treinar,me esforçar e mesmo assim não vou ser contratado pela Inter. Acho que tenho duas pernas esquerdas, rsrs
@lenteaberta: Tudo isso (cultura, treinamento, esforço) é oq faz 1 bom, as vezes excelente, fotógrafo. O fotógrafo genial tem td isso + talento…
@FF_fotografia: Pra mim talento existe, mas sem cultura, treinamento e esforço ele não segura a onda sozinho. Abraço.
@fabriciovianna: Discordo, o talento é o que nos leva a querer aprender mais, podemos aprender a dominar a tecnica mas não o olhar, a paixão…
@retorta: Cultura, esforço e treino são 90%, mas o talento é uma predisposição natural para algumas actividades, são os 10% que te elevam.
@flavita_v: Concordo em termos, mas não dá pra negar q existe varíavel subjetiva em alguns casos. Daí a gnt chama de talento ;o)
@lord_assis: Talvez talento não exita mesmo… mas o dom todo mundo tem em áreas específicas… não seria um bom médico, com mãos inquietas.
@fdelfini: Concordo em partes pois talento existe e é uma facilidade de aprender algo, mas mesmo assim ninguém nasce sabendo.
@aoqui: Acho que existe todo tipo de ser humano. O que tem o dom, o que tem um pouco de talento e precisa estudar mais do que os outros para se firmar, e aquele que vai morrer sem saber fazer nada. Mas respondendo a pergunta… acho que talento existe sim.
RT @aoqui: Exemplo de talento nato: http://bit.ly/Q1qK4. Esse não tem nem idade suficiente pra ter estudado tanto.
@viniciusmatos: Acredito em talento inato mas sempre andando junto com oportunidade! O que seria de Mozart sem seu piano aos 6 anos?
@fabianophoto: Discordo… Talento existe, e sim ! Claro.
@fonsecaa: Talento sim!  Mas só ele não basta, para se tornar diferenciado somente com muita cultura, treinamento e esforço.
@renatotarga: Se você pensar que talento é o resultado das experiências de vida e cultura de uma pessoa, aí ele entra na equação, junto com resto

FACEBOOK

Pepe Mélega at 9:32am May 22
No, raw talent is there, but it has to be cut by culture, education, and sweat.
Não, o talento bruto existe, mas ele tem que ser lapidado pela cultura, educação e suor.

Luiz A C Ferreira at 10:43am May 22
Concordo com o Pepe, quando não se tem talento, nem com todo o suor do mundo 🙂

Carlos Takeda at 11:31am May 22
90% suor, 10% inspiração!

Paula Da Silva Italy at 1:36pm May 22
Como eu sou uma pessoa pragmatica e simples, vejo assim: raw talent is nothing if you don’t polish it with culture and if you don’t work HARD (sweat) on the humblest earthy details.
In fact I agree with Clicio. Too many “raw talents” wasted away, dying of hunger, “uncompris” – just because they thought that they didn’t need to work once they were blessed with talent.
Escrevi em ingles porque Clicio citou em ingles.

Laura De Nigris at 4:28pm May 22
Todo mundo tem algum talento e alguma forma de cultura.
O resto é questão de timing, trabalho, e marketing.
Mas não esqueçamos que existe o fator sorte. Tem gente por aí que não mexe um dedo e é descoberta… patrocinada…. the lucky ones!

Você concorda?
Responda aqui mesmo!


Read Full Post »

Detalhe do Raw no "Olha, vê" - ©2009 Clicio Barroso

Detalhe do Raw no "Olha, vê" - ©2009 Clicio Barroso

O “Olha, vê”, de Alexandre Belém, está mostrando os Raws de vários fotógrafos, com a mesma foto editada, logo em seguida.
Já foram o Caio Guatelli, o Eugênio Sávio, depois os meninos da Cia de Foto, e agora chegou a minha vez.
Se quiserem comentar lá, o link é: Mostre seu Raw | Clicio Barroso
Comentários são *sempre* bem-vindos…
🙂

Read Full Post »

Older Posts »