Feeds:
Posts
Comentários

Posts Tagged ‘Ig’

Off the wall   -   ©2009 lostart

Off the wall - ©2009 lostart

On the Wall   -   ©2009 lostart

On the wall - ©2009 lostart

Muito se tem falado de coletivos neste ano de 2009. Garapa, Cia de Foto, Pandora, são alguns dos nomes que logo nos surgem como exemplos típicos de fotografia colaborativa. Mas eu tenho como certo que duplas como a do casal Louise Chin e Ignácio Aronovich, que formam o LostArt, são também coletivos pertencentes ao mesmo conceito.
Fotografam juntos, editam juntos, assinam como LostArt.
O caso é que nem sempre assinam juntos; em vários dos ensaios e séries do site encontramos o crédito separado, assim:

photos © ignacio aronovich / LOST ART – photos © louise chin / LOST ART

Por que? Qual o critério? O que eles pensam a respeito do Creative Commons? Pois bem, os mistérios que cercam o casal “low profile” são proporcionais ao seu sucesso, principalmente internacional.
As famosas séries Lost in Slovenia, Paraíba Dreams, e a mais recente (fotos acima) La Danse du Chaos nos dão uma idéia da criatividade, energia e qualidade de seu trabalho. (Veja um breve artigo sobre esta série clicando aqui).

Aí começa o meu problema! Fui convidado pela organização do Paraty em Foco a entrevistar os dois durante a semana do festival. O problema? Somos amigos! O perigo está em se transformar a entrevista em uma conversa de comadres.
A solução porém é simples; vamos TODOS perguntar o queremos saber do casal LostArt!
Será uma entrevista colaborativa de fato, com o espírito do festival e de acordo com o modo que Ig e Louise escolheram para viver e fotografar, compartilhando tudo o que podem.
Como fazer? Simples!
Coloque a sua pergunta nos comentários abaixo,  ou a envie para clicio@clicio.com.br. As perguntas mais frequentes, as mais curiosas e as mais engraçadas vão ser usadas durante a entrevista no Paraty em Foco!
Em tempo; em seu (deles) site, há a possibilidade de você mostrar o seu trabalho, em uma área apropriadamente chamada de “Espaço Aberto”. Não custa tentar, mas a curadoria é rigorosa…

Anúncios

Read Full Post »

©2009 Lost Art - Ignácio Aronovich & Louise Chin

©2009 Lost Art - Ignácio Aronovich & Louise Chin

É o assunto mais discutido quando se fala em arte, digital, DSRLs ou imagem: como a fotografia e a imagem em movimento podem interagir, enriquecendo uma e outra. Adicione-se som, e o quadro está completo.
Seremos nós, fotógrafos, destinados a nos transformar em cineastas, videomakers, imagemakers (o que quer que este termo queira dizer…), ou a evolução e popularização de câmeras fotográficas que também filmam em HD é que está acelerando este processo de convergência?
Não sei bem, mas me vejo cada vez capturando mais e mais imagens em movimento; não com a qualidade e talento com que gostaria, mas o aprendizado é divertido. O importante é que outros fotógrafos o fazem com grande sensibilidade e larga experiência. Dentre esses, dois nomes chamam a minha atenção desde sempre, e quero compartilhar seus recentes trabalhos, que admiro bastante.

©2009 Lost Art - Ignácio Aronovich & Louise Chin

©2009 Lost Art - Ignácio Aronovich & Louise Chin

O primeiro é o casal Lost Art, Ignácio Aronovich e Louise Chin. Sou fã deles há anos, e tenho como certo que são pioneiros no conceito de fotografia coletiva. O Lost Art tem uma apresentação musicada do Grand Bazaar de Istambul que é uma beleza de edição, com imagens e sons que nos transportam literalmente para dentro do antigo mercado. Vale a pena ver, clicando aqui.

Ausente - Direção de Fotografia por Márcia Belotti

Ausente - Direção e Fotografia por Márcia Belotti

O segundo nome é o de uma amiga carioca, extremamente talentosa, extremamente carinhosa e dona de um trabalho delicado que contrasta com seu visual hardcore, a Márcia Belotti (“Chapa”). Márcia fez a direção de fotografia de um curta chamado “Ausente”, sob a direção de Fernando São Thiago, que é um primor de fotografia diáfana, onírica; a técnica usada foi o stop-motion e o resultado é surpreendente. Também vale a pena ver, clicando aqui.
Ao Lost Art e a Márcia Belotti, minhas reverentes congratulações.
Grandes artistas!

Read Full Post »

Stock by ©2009 Clicio Barroso

Stock by ©2009 Clicio Barroso

O Ignácio Aronovich (o Ig!), do Lost.Art, mandou o link para a lista da Fototech; a galera deu uma olhada, releu, comentou… e o assunto está bombando.
Quem disse que foto na Internet tem que custar mais barato que foto impressa?
Como isso pode acontecer, se as grandes empresas editoriais estão fechando suas edições impressas e as substituindo por edições na Web?
Por que 72ppi vale menos que 300ppi?
Por que o Google tem direito de publicar nossas fotos de graça? E lucrar milhões com isso?
Bom,  em seu blog, o “Toughts of a Bohemian”, o Paul Melcher afirma claramente que o problema (na verdade, a responsabilidade) agora passou a ser dos próprios fotógrafos. Que são acomodados, reclamões e não se tocam que o mundo mudou, segundo ele.
Melcher parece saber o que fala; desenvolveu o primeiro sistema de entrega de fotos em alta resolução na LGI, e vendeu o sistema para a Corbis; foi CEO de vendas da Digital Railroad, e agora é CKO da Zymmetrical, um banco de imagens que pretende (sorry…) desbancar os grandes.
O que já me deixa meio desconfiado… dono de banco de imagens…mas tire suas próprias conclusões.
No mesmo blog, Melcher propõe um manifesto mundial dos fotógrafos, o “Manifesto for a Photographers Revolution”, que começa assim:

“The right to photograph what they want where, where they want, when they want.
The right to work for whatever company they so desire without the risk of loosing their jobs elsewhere.
The right to be compensated fairly ….”

Segundo a discussão rolando na Fototech, o manifesto seria utópico (para muitos), ou perfeito (para alguns).
Outros sugeriram o gumgum como solução… Será?
O Alessandro Dias também já publicou em seu blog…
Vai lá no Toughts of a Bohemian, dá uma olhada, e volta aqui pra comentar!
Ou você quer ficar a ver bolinhas ???

Aproveitando o assunto, o Ig ontem postou na lista Profoto  alguns links pertinentes, aqueles que todos os fotógrafos, assistentes ou wannabes deveriam saber de cor:

Advice For Young Photographers:

http://is.gd/xF8b

The Value of Photography:
http://is.gd/xF8s

Chaos, Fear,  Survival & Luck:
http://is.gd/jeaq

The Best things I’ve Learned in the Business:
http://is.gd/xF94

How to Fail as a Photographer:
http://is.gd/xFbh

The Cloud is Falling:
http://is.gd/xFbz

Read Full Post »

Hoje é um dia especialmente feliz; estamos na capa do Fotosite, com uma entrevista sobre os podcasts; estamos entre os blogs considerados “essenciais” pelo Lost Art; e atingimos o maior número de visitantes desde que este blog foi criado. Uma parte importante deste modesto sucesso foi poder contar com gente amiga como a Simonetta, que acreditou desde o início, e logo publicou em seu Tramafotográfica; assim como o Danilo, do Let’s Blogar.

Obrigado a todos pela gentileza, generosidade e pela audiência!

Read Full Post »